Qual a diferença entre os cursos superiores da TI?

Olá pessoal,
Boa noite!

Venho trazer pra vocês um artigo muito interessante que eu encontrei na internet, escrito pelo Cláudio Florenzano para o site techdicas.net.br, comentando sobre qual a diferença entre os cursos superiores da TI. Eu mesmo não sabia que haviam tantos cursos superiores na área de TI, que ainda é muito valorizada através de certificações.

Alguns amigos meus me perguntam qual a diferença entre os cursos, mas eu sinceramente não tinha muito embasamento para comentar sobre, pois eu só cursei Sistemas de Informação (no Granbery) e Ciências da Computação (na Cândido Mendes) e não saberia diferenciar esses cursos dos outros citados abaixo.

Espero que este artigo seja útil para vocês, principalmente para quem deseja entrar na área de TI e não sabe qual curso fazer.

Sistemas de Informação (Analista de Sistemas)

O Bacharel em Sistemas de Informação [ Duração de 4 anos ] atua no desenvolvimento de soluções baseadas em Tecnologia da Informação para os processos de negócio das organizações, assegurando-lhes o suporte necessário para suas operações. Em sua atividade planeja e gerencia a informação e a infraestrutura de Tecnologia da Informação em organizações, além de projetar e implementar Sistemas de Informação para uso em processos organizacionais. Coordena e supervisiona equipes de trabalho. Em sua atuação, considera a ética, a segurança e as questões sócio-ambientais. [ Nota-se que esse profissional se encaixa mais na equipe de estratégia/gestão de uma empresa ]

Pode atuar como pesquisador em Instituições de Ensino Superior, empresas e laboratórios de pesquisa científica e tecnológica; em empresas prestadoras de serviço de Tecnologia de Informação; em empresas desenvolvedoras de Sistemas de Informação. Também pode atuar de forma autônoma, em empresa própria ou prestando consultoria.

Ciência da Computação (Cientista da Computação)

O Bacharel em Ciência da Computação [ Duração de 4 anos ] analisa e desenvolve estruturas e soluções computacionais. É responsável pela inovação da utilização, suporte e infraestrutura dos sistemas computacionais, tais como Redes de Computadores e Internet, Sistemas Operacionais, Ferramentas de Desenvolvimento de Programas de Computadores, Sistemas de Gerência de Banco de Dados e Compiladores. Desenvolve soluções computacionais para problemas de áreas como automação, medicina, biologia, robótica, música, educação e construção civil, além de estar habilitado para encontrar novas aplicações para o uso dos computadores. Coordena e supervisiona equipes de trabalho; realiza pesquisa científica e tecnológica e estudos de viabilidade técnico-econômica; executa e fiscaliza obras e serviços técnicos. Em sua atuação, considera a ética, a segurança e os impactos sócio-ambientais. [ Nota-se que esse profissional se encaixa mais na equipe técnico/científica/desenvolvimento de uma empresa ].

Pode atuar em indústrias de computadores; empresas de programas de computadores; setores de Tecnologia da Informação de instituições públicas e privadas; em empresas e laboratórios de pesquisa científica e tecnológica. Também pode atuar de forma autônoma, em empresa própria ou prestando consultoria.

Engenharia de Computação (Engenheiro de Computação)

O Bacharel em Engenharia de Computação [ Duração de 5 anos ] atua na área de sistemas computacionais, seus respectivos equipamentos, programas e inter-relações. Em sua atividade, otimiza, planeja, projeta, especifica, adapta, instala, mantém e opera sistemas computacionais. Integra recursos físicos e lógicos necessários para o desenvolvimento de sistemas, equipamentos e dispositivos computacionais, tais como computadores, periféricos, equipamentos de rede, de telefonia celular, sistemas embarcados e equipamentos eletrônicos microprocessados e microcontrolados. Coordena e supervisiona equipes de trabalho; realiza pesquisas científica e tecnológica e estudos de viabilidade técnico-econômica; executa e fiscaliza obras e serviços técnicos; efetua vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres. Em sua atuação, considera a ética, a segurança e os impactos sócio-ambientais. [ Nota-se que esse profissional se encaixa mais na equipe de engenharia/desenvolvimento/técnico de uma empresa ]

Pode atuar em empresas do setor de tecnologia da informação; em indústria de computadores, periféricos e sistemas embarcados; em empresas de telecomunicação, de planejamento e desenvolvimento de equipamentos e sistemas computacionais; em empresas de automação de processos industriais e computacionais; em empresas e laboratórios de pesquisa científica e tecnológica. Também pode atuar de forma autônoma, em empresa própria ou prestando consultoria.

Engenharia de Software (Engenheiro de Software)

O Curso de Bacharelado em Engenharia de Software [ Duração de 5 anos ] tem como objetivo formar profissionais aptos a propor melhorias e inovações no planejamento, construção, gestão e manutenção de processos, serviços e produtos computacionais, baseados nas técnicas da Engenharia de Software: sistemas de software corretos, completos, seguros, amigáveis, usáveis, com qualidade, fáceis de manter e custo justo. O bacharel em Engenharia de Software atua nas diversas atividades da Engenharia de Software, como: análise, projeto, implementação, verificação e validação, gerenciamento, manutenção, etc. Além disso, possui grande habilidade na identificação de problemas organizacionais a serem resolvidos, buscando soluções, avaliando-as, testando-as e desenvolvendo-as na gestão de equipes multidisciplinares, sendo um profissional pró-ativo na busca de soluções tecnológicas inovadoras. O Engenheiro de Software é um profissional que enfrenta desafios de forma objetiva, empreendedora para propor novos produtos, processos e serviços na área de computação e convive com a inovação tecnológica de forma direta no seu cotidiano. [ Nota-se que esse profissional se encaixa mais na equipe de engenharia/processos/software de uma empresa ]

Pode atuar em empresas de todos os tamanhos, públicas e privadas. Podendo atuar como: administrador de sistemas de informação e comunicação, analista de sistemas, arquiteto de softwares, analista de qualidade de software, gerente de projeto de sistemas, gerente de sistemas, projetista de interface humano-computador, projetista de sistemas de software e projetista de teste.

Licenciatura em Informática (Professor de Informática)

[ Duração 4 anos ] Formar recursos humanos para projetar sistemas de software para educação presencial, à distância e educacional, além de formar educadores para o ensino de computação em instituições que introduzirem a computação em seus currículos, como matéria de formação. [Profissional voltado para o ensino da informática ]

Pode atuar como professor de computação e informática para as séries finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano), ensino médio, ensino profissional e para apoio as atividades de laboratório nas escolas; responsável pelas atividades de informática educacional nas escolas; Analista consultor visando o apoio a tomada de decisões considerando o contexto educacional e organizacional, os recursos e possibilidades de aplicação da tecnologia da informação; Gestor de tecnologias educacionais visando o planejamento e gerência dos processos educacionais e de tecnologia da informação, estabelecendo-se os critérios de seleção de recursos de forma integrada às necessidades dos indivíduos e das organizações.

Gestão da Tecnologia da Informação (Administrador de TI)

O tecnólogo em Gestão da tecnologia da informação [ Duração 2 a 3 anos ] atua em um segmento da área de informática que abrange a administração dos recursos de infraestrutura física e lógica dos ambientes informatizados. O profissional egresso deste curso define parâmetros de utilização de sistemas, gerencia os recursos humanos envolvidos, implanta e documenta rotinas, controla os níveis de serviço de sistemas operacionais e banco de dados, gerenciando os sistemas implantados. [ Profissional voltado unicamente para a administração da TI e das pessoas envolvidas nela ]

Atua nos diversos segmentos da economia projetando, implementando, adquirindo e gerenciando ambientes sistemas informatizados, em médias e grandes empresas que têm a tecnologia da informação como fator preponderante para o seu desenvolvimento

Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Desenvolvedor de Sistemas)

O tecnólogo em Análise e desenvolvimento de sistemas [ Duração 2 a 3 anos ] analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Este profissional trabalha, também, com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas. Raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais são fundamentais à atuação deste profissional. [ Profissional voltado unicamente para a programação e desenvolvimento ]

Poderá atuar em empresas privadas ou públicas, na análise e projeto de sistemas, na operação e programação de computadores, na manipulação e transformação de dados e no gerenciamento de projetos de softwares.

Redes de Computadores (Administrador de Redes)

O tecnólogo em redes de computadores [ Duração 2 a 3 anos ] é o profissional que elabora, implanta, gerencia e mantém projetos lógicos e físicos de redes de computadores locais e de longa distância. Conectividade entre sistemas heterogêneos, diagnóstico e solução de problemas relacionados à comunicação de dados, segurança de redes, avaliação de desempenho, configuração de serviços de rede e de sistema de comunicação de dados são áreas de desempenho deste profissional. Conhecimentos de instalações elétricas, teste físico e lógico de redes, normas de instalações e utilização de instrumentos de medição e segurança são requisitos à atuação deste profissional. [ Profissional voltado unicamente para infraestrutura e redes ]

Pode atuar em diversas áreas, incluindo empresas operadoras de telefonia fixa, móvel, grandes e médias corporações, fabricantes multinacionais de equipamentos, empresas de internet, entre outros.

Banco de Dados (Administrador de Banco de Dados)

O tecnólogo em banco de dados [ Duração 2 a 3 anos ] projeta, implementa e gerencia bases de dados. A partir de recursos técnicos e ferramentas de programação e supervisão, desenvolve métodos de segurança e integridade, aplicativos de dados, administrando ambientes e planejando estratégias de utilização. É responsável também por manter ativos e em operação os sistemas de dados, zelando pelo sigilo sobre as informações. A administração de contas e a documentação técnica também fazem parte das atividades deste profissional. [ Profissional voltado unicamente para gerenciamento de dados de uma empresa ]

Pode atuar em Pequenas, médias e grandes empresas que lidem com grande fluxo de informação e banco de dados.

Segurança da Informação (Analista da Segurança da Informação)

O tecnólogo em segurança da informação [ Duração 2 a 3 anos ] zela pela integridade e pelo resguardo de informações das empresas, protegendo-as contra acessos não autorizados. Assim, dentro dos princípios de confidencialidade, integridade e disponibilidade, este profissional realiza análises de riscos, administra sistemas de informações, projeta e gerencia redes de computadores seguras, realiza auditorias, planeja contingências e recuperação em sinistros. Atua nos aspectos lógicos e físicos, controlando os níveis de acesso aos serviços dos sistemas operacionais, banco de dados e redes de computadores. [ Profissional voltado unicamente para segurança na área de TI de uma empresa ]

Pode atuar e empresas que necessitam de segurança em redes, processos, gestão, consultoria, coordenação e projetos.

Sistemas para Internet (Desenvolvedor Web)

O tecnólogo em sistemas para internet ocupa-se do desenvolvimento de programas, de interfaces e aplicativos, do comércio e do marketing eletrônicos, além de páginas e portais para internet e intranet. Este profissional gerencia projetos de sistemas, inclusive com acesso a banco de dados, desenvolvendo projetos de aplicações para a rede mundial de computadores e integra mídias nas páginas da internet. Este profissional atua com tecnologias emergentes como: computação móvel, redes sem fio e sistemas distribuídos. Cuidar da implantação, atualização, manutenção e segurança dos sistemas para internet também são suas atribuições. [ Profissional voltado unicamente para área de web de uma empresa ]

Sua atuação é passível em vários segmentos compatíveis com a formação obtida no curso. Por exemplo, em grupos empresariais e em instituições financeiras para estabelecer e gerenciar canais de compras e leilões virtuais; para atuar na área de segurança desses sistemas; entre outros.

Jogos Digitais (Desenvolvedor de Games)

O tecnólogo em Jogos digitais atua no segmento de entretenimento digital, desenvolvendo produtos tais como: jogos educativos, de aventura, de ação, de simulação 2d e 3d entre outros gêneros. Lida com plataformas e ferramentas para a criação de jogos digitais e trabalha no desenvolvimento e na gestão de projetos de sistemas de entretenimento digital interativo – em rede ou isoladamente – de roteiros e modelagem de personagens virtuais e na interação com banco de dados. Pode atuar como autônomo ou em empresas produtoras de jogos digitais, canais de comunicação via web, produtoras de websites, agências de publicidade e veículos de comunicação. [ Profissional voltado unicamente para empresas de games e aplicativos ]

Pode atuar em toda a concepção dos games, desde a criação dos personagens até a escolha da trilha sonora do jogo, para computadores, videogames, máquinas de fliperama ou celulares. Outro mercado em ampliação é para autônomos que criam jogos empresariais sob encomenda – eles estudam o perfil da empresa que contratou o serviço e suas necessidades para desenvolver jogos sob medida para treinamento de equipes.

O que vocês acharam? Ainda acham que a certificação é mais importante em um processo seletivo que um curso superior? Faltou algum curso superior? Deixem suas dúvidas e opiniões nos comentários! 🙂

Abraço!

curso graduação ti, tecnologia, informação, informática, curso superior, cursos superiores, bacharelado, qual a diferença, bacharel

curso graduação ti, tecnologia, informação, informática, curso superior, cursos superiores, bacharelado, qual a diferença, bacharel

SQL, sql server, sql server 2008, sql server 2008 R2, Oracle, Oracle Database, Oracle 11g, Oracle 10g, Oracle 12c, MySQL, Firebird, Consultoria, Consultor, Programador, Programação. Desenvolvedor, Analista de Sistemas, DBA, Criação de website, Criação de Sistema Web, Vitória, Vila Velha, Guarapari, Espírito Santo, ES, Consultoria SQL em VItória, Treinamento, Curso, Prestação de serviço, prestar serviço, freelancer, freela, banco de dados, consultoria em banco de dados, consultor de banco de dados

Deixe uma resposta